A História do Bolo de Casamento

Todos sabem que o bolo de casamento é provavelmente um dos itens mais importantes na comemoração. Mas você sabe qual é a história do bolo de casamento?

O bolo de casamento tornou-se comum no final dos anos de 1800, mas mais do que deixar a festa de casamento linda e deliciosa, o bolo de casamento tem algumas histórias e essas histórias remontam a Roma Antiga, de onde surgiram as primeiras notícias de sua confecção.

Um misto de bolo e pão recheado com mel, nozes, frutas secas e especiarias, era o resultado desse produto produzido pelos romanos com suas técnicas de fermentação. Em certo momento da cerimônia, esse rústico produto era rasgado sobre a cabeça dos noivos e a prosperidade e fertilidade do casal era então medida pela quantidade de farelos que repousassem em seus ombros.

Comum em cerimônias simples, no século XVII surge a torta de noiva. Era uma torta que poderia ter recheio de carne ou doce e em seu recheio era colocado um anel e a convidada que encontrasse esse anel em seu pedaço, seria a próxima noiva.

O Bolo de Casamento de Dois Andares

Já os bolos de dois andares tiveram sua origem na Idade Média, os noivos recebiam de seus convidados pequenos bolos, os quais eram empilhados e os noivos teriam que tentar se beijar sem que os bolos fossem derrubados, o que seria um sinal de fertilidade e boa sorte no casamento.

Um dos primeiros bolos de andares como conhecemos hoje, foi confeccionado para o casamento de Catarina de Médici no século XVI.

Seja qual for a sua origem, o bolo de casamento vem sendo uma parte importante nas lindas histórias de amor celebradas nos casamentos até os dias de hoje.